Pocah relembra relacionamento abusivo: "havia agressões físicas"

Funkeira participou no Papo de Segunda, no GNT, nesta segunda (9)

Durante o confinamento do BBB 21, Pocah já havia comentado sobre a situação.
Durante o confinamento do BBB 21, Pocah já havia comentado sobre a situação. - Instagram: @pocah

por Caroline Ferreira
Publicado em 10/08/2021 às 11:20
Atualizado às 11:20

COMPARTILHEFacebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Em participação no Papo de Segunda, no GNT, nesta segunda-feira (9), Pocah relembrou o período em que viveu um relacionamento abusivo na adolescência. Em lágrimas, a funkeira relatou para Fábio Porchat os momentos mais difíceis do namoro que começou aos 16 anos. 

"Eu vivi muitos anos com essa pessoa e eu comecei a namorar muito nova. Esse relacionamento, ele é completamente conturbado, era infernal para mim e para quem estivesse ao meu redor. Minha familia, meus amigos, era terrível e eu via o quanto era tóxico e as pessoas falavam o quanto. Eu tantava de todas as formas me livrar daquilo", comentou. 

Pocah
Crédito: Instagram/@pocah

Na sequência, a cantora falou sobre as agressões e as palavras que escutava do ex- sempre que ele a traia. "Havia agrressões físicas, verbais e psicológicas, manipulação, meu temor a Deus. Sou uma pessoa que tem uma ligação com Deus muito grande e essa pessoa usava minha feve", disse. 

"Eu dizia: O que você comigo? Eu quase fiquei cega do olho esquerdo'. Era pesado. Em diversos momentos fui agredida, queria ir embora e ele dizia que estava sendo usado pelo diabo e que aquilo era o testemulho da nossa vida e que a gente iria contar isso como uma vitória".

Pocah também disse que chegou a perdoar por medo das ameças. "Tinha medo de morrer em diversos momentos, em meio a essas brigas. A sensação que eu tinha é que eu já estava morrendo", desabafou. 

Em julho, quando Pamella Holanda, ex-mulher de DJ Ivis, compartilhar as imagens em que ele aparece lhe agredindo, a artista também demonstrou todo seu apoio a jovem. "A minha luta hoje é por mim, é pela minha filha, é por todas as mulheres que são silenciadas, que são abusadas. Essa é a minha luta diária", finalizou. 

Vitória
Crédito: Instagram/@totoyahontas/@martinstah

Durante o confinamento no BBB 21, a funkeira já havia revelado a experiência traumática enquanto estava grávida de Vitória, sua filha de 5 anos. "Tenhoo até receio de falar. Eu grávida, amore? Traição, agressão, tudo o que você possa imaginar na minha gravidez", disse aos colegas do reality. 

Leia também