Pela primeira vez, Carmo Dalla Vecchia declara seu amor publicamente ao marido

Durante sua apresentação na "Super Dança", o ator mandou um beijo para o autor João Emanuel Carneiro e o filho, Pedro

Essa foi a primeira vez que Carmo falou sobre o relacionamento com o autor com quem é casado há 13 anos.
Essa foi a primeira vez que Carmo falou sobre o relacionamento com o autor com quem é casado há 13 anos. - TV Globo/Divulgação/Instagram

por Caroline Ferreira
Publicado em 12/07/2021 às 09:12
Atualizado às 09:12

COMPARTILHEFacebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Aos 50 anos, Carmo Dalla Vecchia falou pela primeira vez publicamente sobre o seu relacionamento com o autor João Emanuel Carneiro, com quem é casado há 13 anos. 

Durante sua apresentação na "Super Dança dos Famosos", sob o comando de Tiago Leifert, o ator enviou um recado carinhoso para o filho e o marido, responsável pela escrita de grandes novelas como "Da Cor do Pecado", "A Favorita", "Avenida Brasil" e "Segundo Sol". 

Carmo
O ator agitou o público ao som de "We Are Family". Crédito: Instagram/@carmofallavecchia

Após agitar o público e jurados ao som de "We Are Family", do Sister Sledge, o ator deixou a sua mensagem. "É uma música que fala basicamente sobre sororidade, sobre empatia, sobre família. E eu gostaria de fazer uma homenagem muito grande à minha família, mandar um beijo grande e declarar o meu amor ao meu filho, Pedro, e ao meu marido, João", disse feliz. 

Carmo também lembrou que mais do que simples palavras, a mensagem era importante para que outras pessoas também pudessem ver e se sentir iguais. "Eu sou um cara extremamente feliz, extremamente realizado, com uma profissão que eu amo, com amigos, com uma família que me aceita exatamente do jeito que eu sou. Só que a gente vive em um país que não necessariamente é assim. Então, meu exemplo pode servir para ajudar outras pessoas, para ter essa representatividade, eu fico feliz de ser essa pessoa", continuou. 

Ao final, o artista também fez um alerta sobre o alto número de pessoas trans mortas no país. "Eu gostaria de falar também que temos um recorde no Brasil muito triste. Nós somos o país que mais mata trans no mundo, mulheres travestir e transexuais. É uma coisa muito triste e muito feia. Isso fala da nossa educação, ou da falta dela. Isso é algo em que as pessoas deveriam pensar de uma meneira muito séria", finalizou. 

Repercussão 

Nas redes sociais, amigos famosos e fãs demonstraram apoio a Carmo. "Meu amor, que orgulho de você", escreveu Claudia Raia. "Te amo, Carmicho", disse Emanuelle Araújo."Parabéns, Carmo, foi lindo", comentou Eike Duarte. Juliana Alves, Monique Alfradique também fizeram questão de marcar presença na publicação deixando alguns emojis de coração. 

Leia também