Conheça Sky Brown, skatista bronze em Tóquio e xodó da web brasileira

Relação de Sky com o Brasil iniciou em 2019, com a participação da estrela no STU Open, no Rio de Janeiro

Aos 11 anos, Sky sofreu um acidente ao tentar uma manobra e todos acreditavam que ela desistiria da modalidade.
Aos 11 anos, Sky sofreu um acidente ao tentar uma manobra e todos acreditavam que ela desistiria da modalidade. - Instagram: @skybrown/@atibaphoto

por Caroline Ferreira
Publicado em 04/08/2021 às 10:45
Atualizado às 10:45

Facebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Depois da filipina Margielyn Didal e do peruano Angelo Caro, a web brasileira foi conquistada pela skatista anglo-japonesa Sky Brown, de 13 anos, responsável pela medalha bronze na madrugada desta quarta-feira (4). 

Após a classificação, os internautas dividiram a torcida para a atleta, juntamente com as representantes brasileiras, Dora Varella e Yndiara Asp, que ficaram na 7ª e 8ª posição respectivamente. 

De acordo com o Jornal O Globo, o que poucos sabem é que a relação de Sky com o Brasil começou lá em 2019, quando ela esteve no Rio de Janeiro para competir no STU Open e ficou em terceiro lugar. Aproveitando a estadia na cidade maravilhosa, ela visitou o Coletivo Skate Maré e decidiu doar a premiação de US$ 6 mil (cerca de R$ 25 mil) para o projeto.

"Todo mundo está sempre sorrindo. Quando eu vejo todo mundo assim, isso me deixa tão feliz. Mas a situação da região é realmente triste e assustador. Eu vi pessoas com armas. Eu queria fazer algo em relação àquela situação", disse na época. 

A atleta também pediu que outros skatistas doassem equipamentos e materiais necessários para treino, além de fretar um ônibus e pagar ingresso para que as crianças da comunidade pudessem assisti-la no campeonato. 

Sky Brown
Crédito: Instagram/@skybrown

Trajetória rumo ao pódio de Tóquio

Nascida em Miyazaki, no Japão, Sky é filha da japonesa Mieko, e o britânico Stu. Sua paixão pela modalidade, começou como uma brincadeira e logo passou a se profissionalizar.

Com 10 anos, atraiu os holofotes de todo o mundo. Mesmo podendo representar o Japão, ela optou pelo país do pai, sem a pressão britânica em cima de resultados. 

Em maio de 2020, Sky sofreu um acidente na mega rampa da casa de Tony Hawk. Com 11 anos, ela tentou uma manobra, mas foi ao chão. Fraturou o crânio, o braço esquerdo e os dedos da mão direita.

Sky Brown
Crédito: Instagram/@skybrown

"Quero dizer, eu só estava andando de skate, como eu faço todos os dias. E aí eu fui a nocaute. Eu não lembro de nada sobre a queda, mas, aparentemente, quando eu acordei, eu não sabia quem era ou quem era a minha família. Meus pais não queriam mais que eu andasse de skate. Mas eu apenas senti que não poderia parar de andar. Eu apenas disse a eles que queria andar. É uma das minhas coisas que eu mais gosto de fazer. Você só tem uma vida e precisa aproveitá-la", disse ao The Guardian.

Todos pensaram que ela desistiria, no entanto, deu a volta por cima e brilhou em Tóquio. A britânica, que hoje vive em Oceanside, na Califórnia, acumula medalhas e diversos títulos no circuito mundial e eventos do esporte. 

É torcida brasileira!

Nas redes sociais, Rayssa Leal, se emocionou com a conquista de Sky. Assim como Leticia Bufoni, que fez questão de demonstrar toda sua torcida para as três brasileiras e a nova medalhista olímpica. 

Rayssa e Leticia
Crédito: Instagram/@rayssalealsk8/@leticiabufoni

Leia também