Sarah, do 'BBB 21' comenta sobre o racismo sofrido pela mãe

Maria Abadia, mãe da sister, é uma mulher negra e policial do BOPE

Sarah garante que apesar de tudo, o amor sempre veio em primeiro lugar.
Sarah garante que apesar de tudo, o amor sempre veio em primeiro lugar. - Instagram: @sarah_andrade/@abadia.nica

por Caroline Ferreira
Publicado em 22/04/2021 às 16:42
Atualizado às 16:42

COMPARTILHEFacebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

A ex-BBB Sarah Andrade abriu o jogo sobre o preconceito sofrido pela mãe, Maria Abadia Vieira, uma policial militar negra do BOPE. "Uma vez, ao ver minha mãe me amamentando em um local público, uma mulher com cara de nojo disse: 'Que horror! A babá amamentando a filha do patrão", lembrou a consultora de marketing digital.

Casada com Evandro há 34 anos, Abadia teve todo o apoio do marido ao enfrentar os olhares racistas e a filha, em entrevista ao Gshow, garante que apesar de tudo, o amor sempre veio em primeiro lugar.

"Eu nunca tive preconceito pelo fato de minha mãe ser negra. Fisicamente, sou intermediária entre meu pai e minha mãe. Eu sou branquela como ele, mas de rosto sou muito parecida com ela. Esse tipo de reação das pessoas nunca nos incomodou, de verdade! Porque sempre fomos muito felizes juntos", comentou. 

Quanto a vida pós-BBB, Sarah está focada em qualidade e não quantidade de trabalhos oferecidos. "Não sei o que vou fazer profissionalmente. Estudo o mercado e estou bem seletiva. Quero cuidar da minha imagem para não sumir depois da fama", explicou. 

Recentemente, a sister alcançou, pela terceira vez, a marca de 8 milhões de seguidores no Instagram. Apesar de celebrar a conquista com muito amor, Sarah também fez questão de lembrar da responsabilidade que tem diante de suas falas.

"Estou muito feliz com a oportunidade que cada uma dessas 8 milhões de pessoas está me dando, de me conhecer e acompanhar diariamente minha evolução aqui, nesse mundo totalmente novo pra mim, que é o Instagram". 

Leia também