Motivos para você assistir "Medida Provisória"

"Medida Provisória" chegou aos cinemas na quinta-feira, 14, marcando a estreia de Lázaro Ramos na direção de um longa-metragem de ficção

Nomes como Alfred Enoch e Taís Araujo estrelam na trama.
Nomes como Alfred Enoch e Taís Araujo estrelam na trama. - Crédito: Mariana Vianna/Divulgação

por Caroline Ferreira
Publicado em 15/04/2022 às 15:45
Atualizado às 15:45

Facebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Nesta quinta-feira, 14, "Medida Provisória" finalmente chegou às telonas de todo o Brasil, marcando a estreia de Lázaro Ramos na direção de um longa-metragem de ficção.

Vale lembrar que a produção entrou com um pedido de autorização na Agência Nacional do Cinema (Ancine) e enfrentou problemas com a análise da agência reguladora para a liberação do filme. Com isso, a pergunta que não quer calar é: o que esperar da trama, diante de tantos comentários?

Abaixo, o Famosos e Celebridades listou alguns motivos que valem a sua ida no cinema. Confira: 

Sob os olhos do mundo

O filme foi rodado inicialmente em 2019, com a ideia inicial de lançá-lo em solo brasileiro no ano seguinte. No entanto, diante da demora na liberação da Ancine, "Medida Provisória" acabou sendo apresentado primeiramente no exterior e o sucesso foi de primeira. 

O longa de Lázaro foi consagrado com o troféu de "Melhor Roteiro", no Indie Memphis Film Fest e considerado o "Melhor Filme Brasileiro desde a Cidade de Deus", no Festival Pan African Film, além de ser sucesso da crítica americana após a exibição no SXSW, Washington DC International Film festival, Pan African Film Festival, Festival de Cinema Iberoamericano de Huelva e Festival de Havana.

Elenco de milhões

Um dos destaques da trama fica por conta do elenco. Nomes como Alfred Enoch e Taís Araujo dividem as cenas, interpretando o advogado Antônio e a atriz vivendo a médica Capitú. Seu Jorge é o jornalista André, primo de Capitú. 

E não pense que acabou por aí não. A trama conta com 77 atores no total, com destaque para Adriana Esteves, Renata Sorrah, Mariana Xavier, Emicida, Flávio Bauraqui e Paulo Chun. 

Trilha Sonora

A direção musical é assinada por Plínio Profeta, Rincon Sapiência e Kiko de Souza, com canções nas vozes de Elza Soares, Xênia França e Liniker. Poder demais, né? 

Trama potente

Impossível não falar sobre a trama ambientada em um futuro distópico. Por lá, acompanhamos o determinado momento em que o governo brasileiro decreta uma medida que obriga cidadãos negros a voltarem à África. A "ideia" é "reparar" os tempos de escravidão.

E é a partir desse conflito e do romance vivido pelos personagens de Taís e Alfred, que a produção debate questões sociais, mescladas com humor, trama e thriller.

Confira o trailer:

Leia também