Marido de Angélica rebate críticas de Íris Stefanelli em "No Limite"

Para o empresário Laurent Mougeot, a esposa não passou do ponto ao comemorar a vitória

Em equipes opostas, ex-BBBs disputam a permanência no reality.
Em equipes opostas, ex-BBBs disputam a permanência no reality. - Montagem/FC/Instagram

por Caroline Ferreira
Publicado em 17/05/2021 às 12:12
Atualizado às 12:12

COMPARTILHEFacebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Quem assistiu ao primeiro episódio de "No Limite", com estreia na última terça-feira (11), acompanhou a divisão dos grupos - Carcará e Calango -, dinâmica das provas, eliminação de Mahmoud, memes e as alfinetadas entre os participantes das equipes.

Um dos momentos mais tensos aconteceu após a vitória da tribo Calango na Prova do Privilégio, onde Íris Stefanelli se irritou com a comemoração fervorosa de Angélica.

"Eu achei ela muito desrespeitosa! Eu tive compaixão com ela no dia anterior. Assim que ela atravessa o barco foi a primeira a fazer um desaforo. Ela foi muito desaforada. Eu não desrespeito meu adversário, eu aprendi a nunca fazer isso na vida. Eu não gostei nenhum pouco", disse a ex-BBB.

Angélica Ramos
Comemoração de Angélica foi motivo de irritação de Iris. Crédito: TV Globo/Reprodução

Em entrevista ao Gshow, Laurent Mougeot, marido de Angélica, criticou a reação da integrante da equipe 'Carcará' que chegou a chamar a sua esposa de abusada. "Não precisava disso. A equipe dela ganhou a prova anterior e também comemorou, dançou um pouquinho. Quando a equipe da Angélica ganhou, realmente, ela estava animada. Ela é assim. A Angélica olhou eles dançarem e não falou nada. Aí, quando foi a fez da equipe dela, ela simplesmente aumentou tudo", disparou.

Angélica e Laurent
Em entrevista ao Gshow, o empresário defendeu a amada. Crédito: Instagram/@laurentjackymougeot

O empresário ainda defendeu a amada por ter combinado votos com Mahmoud e, na hora H, acabar votando nele. Segundo Laurent, ela foi estratégica. "Isso não é o BBB. O BBB é outro tipo de jogo, as pessoas confundem. Lá é mais individual. A pessoa pode tentar te convencer para votar em outro, mas se o outro fez bem as provas... O André não merecia levar um voto só porque ela tinha uma amizade ali. Na verdade, nem é bem uma amizade, porque a Angélica o conhece pouco", opinou.

Angélica durante a votação
Apesar de ter combinado voto com Mahmoud, Angélica acabou votando no sexólogo. Crédito: TV Globo/Reprodução

Em um vídeo exclusivo, Angélica chegou a disparar que sempre teve problemas com as pessoas. "Ou me amam ou me odeiam pelo mesmo motivo. E quando resolvi vir para cá, é uma situação que eu realmente quero quebrar, essa questão da pessoa te olhar, não te reconhecer, mas já não gostar de você", disse. 

Leia também