Leifert sobre tratamento contra câncer da filha: "na batalha"

Lua, que é filha do apresentador com a jornalista Daiana Garbin, foi diagnosticada com retinoblastoma

Luna, de apenas um ano, sofre de retinoblastoma, um câncer raro na região dos olhos.
Luna, de apenas um ano, sofre de retinoblastoma, um câncer raro na região dos olhos. - Crédito: Instagram/@garbindaiana

por Caroline Ferreira
Publicado em 06/06/2022 às 10:30
Atualizado às 10:30

Facebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Mais uma vez, Tiago Leifert abriu o coração para comentar os desafios e aprendizados ao longo do tratamento da filha, Lua, de um ano, fruto do casamento do apresentador com a jornalista Daiana Gabrin

Hoje, ele encara a vida de forma mais otimista, especialmente diante do processo pelo qual a pequena passa. Para quem não se lembra, Lua sofre de retinoblastoma, um câncer raro na região dos olhos. 

"Pessoalmente, o que (tudo isso) me ensinou foi (sobre) ansiedade. Era uma pessoa muito mais ansiosa e o câncer é um 'master class' em calma. Porque você não enxerga nada além de um mês. E os médicos falam isso para você, dia a dia, exame a exame", explicou durante uma entrevista ao podcast 'Cara a Tapa'. 

Leifert também afirmou que chegou a se questionar, em um primeiro instante, o motivo daquela situação com a filha. Mas, depois, entendeu que era algo aleatório. Ou seja, poderia acontecer com qualquer pessoa e afirmou ser grato por ter descoberto a doença a tempo de tratá-la. 

"Demorei para falar no assunto porque não tinha condição. Hoje eu tenho condição, nem choro mais. Estou totalmente conformado e a gente está na batalha, na luta. E é muito mais uma coisa de 'vamos para o pau' do que ficar 'por que isso aconteceu comigo?'", acrescentou ele, que se considera dono de uma 'fé monstra'. 

"Está andando, falando tudo, fala para caramba, cheia de dentes. Ela é muito forte. A menina toma anestesia, o médico liga e pergunta como ela está e eu digo: 'pulando aqui'. Matou um prato de macarrão e está pulando no sofá", encerrou.

Assista a entrevista completa:

Leia também