Famosas aderem ao movimento contra Pobreza Menstrual

"É de uma crueldade absurda... ele não gosta de mulheres", disse Samantha Schmütz

Decisão foi publicada nesta quinta-feira (7).
Decisão foi publicada nesta quinta-feira (7). - Instagram: @ludmilla/@fepaesleme/@samanthaschmutz

por Caroline Ferreira
Publicado em 08/10/2021 às 10:30
Atualizado às 10:30

COMPARTILHEFacebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Preta Gil, Claudia Raia, Ludmila, Camila Pitanga, Nathalia Dill e outras famosas usaram as redes sociais para criticarem a ação do presidente Jair Bolsonaro que veta a distribuição gratuita de absorvente menstrual para estudantes de baixa renda de escolas públicas e pessoas em situação de rua ou extrema vulnerabilidade.

Vale dizer que a decisão foi publicada nesta quinta (7) no "Diário Oficial da União", sob o argumento de que o texto do projeto não estabeleceu fonte de custeio.

Rafa Brites

"Viver no Brasil não é fácil, mas tem dias que realmente a gente acorda sem esperança. Depois de tanto que a gente lutou pelo projeto de lei que visava distribuir absorventes pra mulheres pobres, que passou na Câmara, que passou no Senado, esse crápula desse presidente hoje vetou e a gente não pode deixar isso passar. Isso representa muito pras mulheres. Isso é saúde pública", desabafou.

Samantha Schmütz

Fê Paes Leme

Ludmilla

Claudia Raia

Preta Gil

Nathalia Dill

Camila Pitanga

Monica Iozzi

Leia também