Web comenta possível saída de William Bonner do Jornal Nacional

Com contrato renovado, William Bonner deve se despedir da bancada do Jornal Nacional no segundo semestre do próximo ano

O nome de César Tralli ganha destaque no topo da lista para substituir William Bonner.
O nome de César Tralli ganha destaque no topo da lista para substituir William Bonner. - Crédito: Globo/João Cotta

por Caroline Ferreira
Publicado em 09/06/2022 às 13:30
Atualizado às 13:30

Facebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Não é de hoje que a possível saída de William Bonner da bancada do Jornal Nacional vem sendo ventilada na web. No entanto, segundo o jornalista André Romano, do Observatório da TV, o âncora deve se despedir da atração no segundo semestre do próximo ano.

Com o contrato renovado com a Globo até meados de 2025, a publicação explica que o jornalista irá comandar o debate entre os candidados à Presidência que acontece no dia 29 de setembro, em primeiro turno. Caso haja segundo turno, o agendamento segue para 28 de outubro.

E o sucessor?

Bom, ainda segundo André, o mercado publicitário fez uma pesquisa interna em relação ao possível sucesso de Bonner e o nome de César Tralli ganha destaque no topo da lista. 

Vale lembrar que em agosto de 2021, Bonner renovou seu contrato sob um valor de R$ 86 milhões até 2025, como noticiou o colunista Alessandro Lo Bianco, do 'A Tarde é Sua'. Hoje, William estaria ganhando cerca de R$ 1,8 milhão por mês, além de um bônus que varia de R$ 300 a R$ 400 mil por publicidade de empresas que realizam ações no 'Jornal Nacional'.

Web reage à possível saída

Não demorou muito para que o assunto repercutisse e o público demonstrasse as primeiras reações. "Poxa, e agora? Quem vai dar boa noite?, questionou uma internauta. "O último que sair apaga a luz", disse outro, em referência a saída de outros nomes da casa como Veruska Donato e Michelle Barros.

"Correu em covarde", escreveu mais um usuário no Twitter. "Com César Tralli o JN vai à falência de vez. O Tralli parece um evangélico enrustico, esse povo merece", afirmou um último. 

Leia também