Virginia recebe alta médica e ressalta: "vou ficar de repouso"

Boletim médico informa que Virginia foi diagnosticada com cefaleia refratária; entenda

Virginia Fonseca recebeu alta médica na noite desta quarta-feira, 18.
Virginia Fonseca recebeu alta médica na noite desta quarta-feira, 18. - Crédito: Instagram/@virginia

por Caroline Ferreira
Publicado em 19/05/2022 às 13:15
Atualizado às 13:15

Facebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Na noite desta quarta-feira, 18, Virginia Fonseca recebeu alta médica do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após ficar três dias internada em consequência de uma forte crise de enxaqueca. 

Nos Stories do Instagram, a influenciadora digital comentou a liberação. "Um brinde à minha alta", disse e ressaltou que, apesar de ir para casa, os cuidados ainda são necessários. "Lembrando que alta não quer dizer estripulias (...) vou ficar de repouso amanhã o dia inteiro", afirmou. 

Virginia buscou o pronto-socorro no domingo, 15, apresentando muita dor de cabeça e, mesmo medicada, não teve melhoras ao longo de oito dias. O boletim médico divulgado pela assessoria revelou o diagnóstico de cefaleia refratária

O comunicado ainda destacou que não houve intercorrências diante das dores e da internação de Virginia, grávida de quatro meses do segundo bebê com o cantor Zé Felipe. 

Cefaleia retratária

De acordo com o Dr. Wanderley Cerqueira de Lima, Neurocirurgião e Neurologista do Hospital Albert Einstein, ao site 'Saúde em Dia', a cefaleia refratária se trata de dores de cabeça comuns, porém constantes, que possuem um difícil tratamento e que não respondem a qualquer medicamento. 

Em casos de gravidez, como o de Virginia, a dificuldade no tratamento é um pouco mais delicada, uma vez que ela não pode ser submetida a qualquer tipo de medicação. "O que ocorre é que, ao ministrar medicamentos, temos que ter cuidado para que eles não passem para a placenta e atinja o bebê", justifica.

Leia também