Huck revela voto branco em 2018 e recebe críticas de internautas

Na web, fãs resgataram vídeo em que Luciano fala em 'chance de ouro' a Jair Bolsonaro

Luciano foi entrevistado por Pedro Bial na madrugada desta quarta-feira (16)
Luciano foi entrevistado por Pedro Bial na madrugada desta quarta-feira (16) - Instagram: @conversacombial

por Redação/FC
Publicado em 16/06/2021 às 11:01
Atualizado às 11:01

COMPARTILHEFacebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Após questionamento de Pedro Bial na madrugada desta quarta-feira (16), Luciano Huck revelou voto na eleição presencial de 2018, disputado por Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonado (na época PSL, hoje, presidente e sem partido).

"Ninguém nunca me perguntou isso diretamente, mas eu não vou me furtar da resposta, porque acho que hoje em dia no Brasil você não se posicionar é você compactuar com o que tá acontecendo. Eu votei em branco na última eleição, é o que eu devia ter feito e fiz com bastante tranquilidade. Os dois candidatos que se apresentavam naquela época, eu não me sentia representado por nenhum dos dois. Votei em branco e votaria em branco de novo", contou. 

Luciano e Bial
O apresentador confirmou voto em branco nas eleições de 2018. Crédito: TV Globo/Reprodução

"Nesse momento, acho que a gente não tá falando sobre A ou B, de sicrano ou beltrano, a gente tá falando sobre quem defende a democracia e de quem ataca a democracia. E eu acho que a democracia foi uma conquista. Quem a defende estará de um lado, quem não defende está do outro. E eu estarei sempre, em qualquer tempo, do lado da democracia", afirmou. 

Bial também questionou se Huck acreditava em um terceiro nome para o atual cenário da política brasileira, ou se apenas Lula era a opção mais viável. "Em meio à pandemia, do jeito que a gente tá hoje, com uma narrativa negacionista potente, que nos atrapalha, eu realmente acho que não é hora de debater eleições ou nomes. Acho que temos que debater ideias para os problemas que temos que enfrentar de educação, geração de renda, emprego", respondeu. "Nesse momento você querer dar nome aos bois, fulanizar as soluções dos nossos problemas, é jogar o debate numa vala mais rasa, pessoalmente falando", completou.

Na web, internautas resgataram um vídeo de 2018 em que o apresentador fala em "chance de ouro" a Jair Bolsonaro e confirma que nunca votaria no PT, para criticá-lo. 

Outros, fizeram questão de lembrar uma fala de Pedro Bial que disse que só entrevistaria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o uso de um polígrafo, equipamento que observa as mudanças fisiológicas da pessoa questionada. 

Leia também