Sandra Bullock explica pausa na carreira

A atriz surpreendeu os fãs ao revelar a decisão de dar uma longa pausa na carreira

Bullock afirmou que ficar longe dos estúdios será importante para que ela se dedique apenas aos filhos.
Bullock afirmou que ficar longe dos estúdios será importante para que ela se dedique apenas aos filhos. - Crédito: Shutterstock

por Redação/FC
Publicado em 16/03/2022 às 11:15
Atualizado às 11:15

Facebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Sandra Bullock decidiu dar uma pausa na carreira. A decisão foi anunciada pela própria atriz durante o lançamento da comédia romântica "Cidade Perdida", que chega aos cinemas do Brasil em abril.

Em entrevista ao Entertainment Tonight, a artista revelou o principal motivo para tomar essa decisão: sua família. Ela contou quer ficar um tempo em casa "no lugar que a deixa mais feliz".

"Eu levo meu trabalho muito a sério. E eu só quero estar 24 horas por dia com meus bebês e minha família. É onde eu vou estar por um tempo", explicou ela, mãe de Louis, de 12 anos, e Laila, de 10.

Bullock afirmou que ficar longe dos estúdios será importante para que ela se dedique apenas aos filhos. "Atendendo a todas as necessidades. O calendário social deles", contou ela, que pretende voltar a atuar apenas quando eles estiverem maiores.

Novo trabalho

Antes da longa pausa na carreira, os fãs de Sandra Bullock poderão assisti-lá no filme "Cidade Perdida", em que a atriz atua ao lado de Daniel Radcliffe, Brad Pitt e Channing Tatum.



Questionada sobre a parceria com Channing ela brincou: "Ele está tão confortável consigo mesmo. Ele sabia que era para uma comédia, ele não estava tentando ser sério. Trabalhou muito duro para ter certeza de que quando seu traseiro se transformasse em moldura fosse perfeito. Quer dizer, eu olhei, procuro imperfeições e não vi nenhuma", confessou a artista, referindo-se à cena em que tira larvas do bumbum do ator. "É muito suave. Não tivemos que fazer nenhum tipo de correção de efeitos visuais. É como o bumbum de um bebê", acrescentou ela. 

Leia também