"O Diabo Veste Prada" comemora 15 anos; veja 5 curiosidades

Estrelado por Meryl Streep e Anne Hathaway, o filme se tornou uma das produções mais conhecidas de todos os tempos

No filme, Miranda é extremamente exigente e não espera menos do que a perfeição dos funcionários.
No filme, Miranda é extremamente exigente e não espera menos do que a perfeição dos funcionários. - Divulgação

por Caroline Ferreira
Publicado em 30/06/2021 às 15:43
Atualizado às 15:43

COMPARTILHEFacebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Dirigida por David Frankel que apresentou detalhes pontuais e complicadíssimos no mundo da moda, "O Diabo Veste Prada" se tornou uma das produções mais conhecidas de todos os tempos e está completa 15 anos em 2021. 

Se você não assistiu - o que eu acho bem difícil - ou não lembra, a gente te conta um pouco do cenário baseado no romance homônio de Lauren Weisberger. Andy, personagem interpretada por Anne Hathaway, é uma jornalista recém formada que consegue um emprego para trabalhar como assistente da editora-chefe Miranda Priestly, interpretada por Meryl Streep, na famosa Runway.

Bem, no longa, Miranda é extremamente exigente e não espera menos do que o combo de perfeição e agilidade dos funcionários - ponto principal que faz com que Andy passe o filme inteiro se sentindo ansiosa, pressionada e se questionando sobre o que a sua vida se tornou a partir do momento em que passou trabalhar no "emprego dos sonhos". 

Andy e Miranda
Miranda não aceitava menos do que perfeição dos funcionários. Crédito: Reprodução

Rendendo duas indicações ao Oscar e arrecadando mais de US$ 325 milhões nas bilheterias mundiais, a produção também trouxe nomes como Emily Blunt e Stanley Tucci e para celebrar a data, separamos 5 curiosidades do filme. 

De cabeça no personagem:

Logo no primeiro dia de filmagens, Meryl Streep disse a Anne: "Acho que você perfeita para o papel. Estou muito feliz que iremos trabalhar junta". Na sequência, pausou e comentou: "Essa vai ser a última coisa gentil que direi a você". E de fato foi! 

Nada de primeira escolha 

Durante uma aparição no reality show "RuPaul's Drag Race", para conversar com as competidoras, Hathaway surpreendeu os fãs do revelar que não foi a primeira escolha para interpretar Andy. "Vou contar um segredo: eu fui a nona escola em "O Diabo Veste Prada". Mas eu consegui. Então segurem firme e nunca desistam", confessou. 

A escolha do "Diabo" 

Miranda
Apesar de outros nomes considerados, Streep levou a melhor. Crédito: Reprodução 

Assim como a contratação de Anne, atrizes como Jennifer Aniston, Cameron Diaz e Angelina Jolie foram consideradas para o papel de Miranda Priestly, mas Streep levou a melhor e conquistou mais até uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz. 

Frase icônica

Em entrevista, Blunt contou que uma das frases mais conhecidas de sua personagem veio de algo que a sua mãe dizia na infância. "Estou ouvindo 'isso' e quero ouvir 'isso'", acompanhada de gesticulações com as mãos e mímicas. 

Técnias de intepretação

Em um bate-papo com a Entertainment Weekly, Streep contou que usou o "método de interpretação", ou seja, técnicas e treinos para que a atuação seja mais sincera e profunda, mexendo assim com o emocional. "Foi horrível! Eu estava miserável no meu trailer. Eu podia ouvir todos eles dançando e rindo. E eu estava tão deprimida. Eu disse: 'Bem, é o preço que você paga por ser a chefe", lembrou. 

Leia também