"Não se calem", diz Larissa Ferreira após denunciar assédio

Nas redes sociais, a cantora do Mastruz com Leite, contou ter sido assediada por um colega da banda em sua própria casa

Cantora disse que a decisão de expor o assédio foi uma forma de alertar e encorajar vítimas.
Cantora disse que a decisão de expor o assédio foi uma forma de alertar e encorajar vítimas. - Crédito: Instagram/@larissaferreiraoficial_

por Caroline Ferreira
Publicado em 05/01/2022 às 14:30
Atualizado às 14:30

COMPARTILHEFacebook Famosos e CelebridadesPinterest Famosos e Celebridades

Larissa Ferreira, uma das vocalistas da banda de forró Mastruz com Leite, usou as redes sociais nesta terça-feira, 4, para compartilhar uma sequência de vídeos onde denuncia ter sido vítima de assédio dentro da própria casa. O acusado, segundo a artista, também faz parte do grupo. 

Tudo começou quando a cantora e o marido, Jean, cederam a casa para que o integrante dormisse por lá. Durante a madrugada, quando Larissa dormia, na companhia do esposo, o músico teria passado a mão em seu corpo. 

"Eu senti uma pessoa tocando em mim, tocando no meu corpo, beijando o meu rosto, me cheirando e segurando minhas mãos nas partes íntimas dela. Este homem fez isso comigo. E eu deitada, no meu quarto, com meu marido do lado. O Jean do meu lado. E a pessoa abusou de mim, estava me assediando, um companheiro de trabalho", desabafou.

"Depois que esse homem saiu, eu levantei, fiquei calada e eu estava só pensando se eu ia dizer isso para Jean ou não. Não sabia se ele ia me entender, como era que ia acontecer, se o Jean ia atrás, tirar satisfação. Só sei que fiquei com uma crise grande ansiedade", declarou. 

Já na madrugada desta quarta, 5, a vocalista voltou a web para agradecer o apoio que tem recebido. "Já estou no ônibus para viajar! Vai dar tudo certo, porque Deus é maravilhoso, minha família e meu marido são tudo para mim! E vocês estão sendo especiais. Muito muito obrigada de coração. Eu não tenho palavras para descrever o que estou sentido. Eu não consigo acompanhar os directs e menções, mas eu estou vendo o que eu posso! Eu sei que é verdadeiro da parte de cada um", iniciou.

Larissa ainda disse que a decisão de denunciar o assédio foi para que nenhuma mulher passe por algo similar, e torce para que a justiça seja feita.

"O motivo de eu expor essa situação e me expor não foi para prejudicar ninguém, nem mesmo o assediador, mas sim para alertar as famílias de que não é qualquer um que a gente dá uma dormida por bondade, e encorajar as pessoas vítimas de assédio e abuso a não se calarem, irem atrás de seus direitos e não deixar que esses doentes fiquem impunes! Só quem passa por isso sabe quanto é horrível e traumatizante", completou.

Leia também