Connect with us

O que você está procurando?

Streaming

5 motivos para você assistir “Bom dia, Verônica”, da Netflix

Se você ainda não parou um tempinho para maratonar “Bom dia, Verônica”, separamos cinco motivos para aproveitar o dia de hoje e já fazer isso!

Bom dia, Verônica
2ª temporada de "Bom dia, Verônica" já está disponível na Netflix - Crédito: Instagram/@tainamuller

A 2ª temporada de “Bom dia, Verônica” chegou na Netflix no início do mês, movimentando – mais uma vez – as redes sociais. Além de Tainá Müller, que faz seu retorno como a grande protagonista, a obra trouxe nomes como Klara Castanho e Reynaldo Gianecchini na temática principal deste novo ano.


Em poucos dias, a produção que conta com outros nomes de peso como Elisa Volpatto, Ester Dias, Pedro Nercessian, Liza Del Dala, Camila Márdilla, Silvio Guindane e Adriano Garib conquistou números importantes.

Como exemplo ao aparecer na quarta posição no ranking de séries de língua estrangeira – não inglesa – mais vistas da plataforma de streaming. De fato, é um dos títulos de maior sucesso no país.


Se você ainda não parou um tempinho para maratonar “Bom dia, Verônica”, separamos cinco motivos para aproveitar o dia de hoje e já fazer isso! Confira:

Narrativas urgentes


Talvez um dos pontos mais fortes de “Bom dia, Verônica” seja a narrativa urgente que aposta na violência contra a mulher, feminicídio, corrupção e controle dos corpos femininos ao longo das duas fases.

Produção baseada em um livro

Para quem ama adaptação, o título é uma boa aposta. A história tem como base a obra literária de mesmo nome, escrita por Raphael Montes e Ilana Casoy e traz abordagem similar. No entanto, vale pontuar que para a série, alguns enredos foram adaptados.

Mulher negra em posição de poder


Na 2ª temporada, outra personagem entra em cena: Glória! Uma delegada negra que ocupa a posição de chefe do núcleo da Delegacia da Mulher, interpretada por Ester Dias. Junto de Verônica, ela tenta fazer justiça para prender um líder religioso que abusa da fé das pessoas e comete abusos sexuais, inclusive com integrantes da própria família.

Um elenco potente


Além de Tainá Müller que estrela a série, a 1ª temporada conta com Camila Morgado (Janete), Edu Moscovis (Brandão), Antonio Grassi (Wilson Carvana), entre outros. Aliás, Camila e Moscovis foram o casal central na investigação durante o primeiro ano da produção.

Representatividade LGBTQIA+

Especificamente na 2ª temporada, há representatividade LGBTQIA+. Além de Klara Castanho forma um par romântico com a atriz Liza Del Dala, há diálogos pontuais e potentes sobre orientação sexual.

Advertisement

Você também vai gostar

Streaming

Longa, que completa 22 anos nesta quinta-feira (15), está disponível na Netflix

Streaming

Astro protagonizou e dirigiu filme que foi alvo de momento constrangedor do Globo de Ouro

Streaming

De Black Mirror a Bridgerton, séries que fizeram sucesso em 2023 e você com certeza assistiu ou ouviu falar

Famosos de A a Z

Luísa Sonza revelou ter sido obrigada a comentar sobre Chico, com quem terminou o relacionamento em setembro